Siga-nos

Ayurveda ou Medicina Ayurvedica
http://www.ayurveda.org.br/external/imagens/Ayurveda.gif" />

O Ayurveda é uma filosofia médica oriental que foi de desenvolvida no subcontinente indiano há milhares de anos. A história desta racionalidade indiana remonta-se aos tempos antigos da Índia arcaica. Os principais textos referendados pela tradição são apenas três, denominados Brihat Trayi, ou seja, o grande trio : Charaka Samhita, compendio de Charaka de medicina interna ou clínica médica, Susruta Samhita, compendio de Susruta de cirurgia ayurvédica e o Ashtanga Hridaya, coração dos 8 ramos do Ayurveda de Vagbhata. Todo estudante desta Medicina Oriental, na Índia, pesquisa profundamente estes 3 principais tratados.
A palavra Ayurveda é proveniente do sânscrito e possui duas partes: Veda que é traduzido como conhecimento, ciência ou sabedoria e Ayus que significa vida. Neste contexto Ayurveda é o conhecimento, a ciência ou sabedoria que propõe uma vida saudável em harmonia com as leis da natureza com o objetivo de alcançarmos a felicidade. Nesta filosofia indiana a saúde é um estado de completude.
O Ayurveda acredita que tudo no universo é composto pelos 5 Elementos ou Panchama-habhutas, inclusive nosso corpo físico, são eles: Espaço ou éter ( Akasha), Ar ( Vayu), Fogo ( Agni), Água ( Jala ou Ap) e Terra ( Prithvi). Estes 5 Elementos se expressam na nossa fisiologia através dos 3 Doshas ( humores): Espaço e Ar formam Vata, Fogo e Agua geram Pitta e Água e Terra constroem Kapha. As qualidades dos 3 Doshas relacionam-se com as características destes Elementos. Vata ( Espaço e Ar) é seco, leve, sutil, móvel, claro e áspero, porem Pitta ( Fogo e Água) é quente, agudo, liquido, oleoso, azedo, picante e fluido, já Kapha ( Agua e Terra) é pesado, lento, suave, claro, grosso, macio, oleoso, estável e viscoso.  
Segundo o Susruta Samhita a saúde é definida da seguinte forma: “Quando os Doshas (humores), Dhatus ( tecidos), Agni ( digestão e metabolismo) e a eliminação de Malas ( excreções) estão em sua função normal e isto está associado a clareza dos sentidos, mente e alma”. Nesta filosofia a pessoa pode não ter uma doença propriamente dita mas também não estar saudável pois a saúde depende de uma integração corpo-mente-espirito.
O Ayurveda possui 2 objetivos principais: preservar e promover a saúde das pessoas saudá-veis e curar as doenças dos pacientes. Neste sentido há 2 principais tipos de tratamento ( chi-kitsa):
  1. Terapia de promoção da saúde ( Urjaskara Chikitsa): é a abordagem terapêutica que promove saúde, força, vigor e vitalidade nas pessoas saudáveis. Nesta especialidade são utilizados 2 principais ramos do Ayuveda:  Rasayana ( rejuvenescimento) que beneficia a saúde física, mental, emocional e social e Vajikarana ( afrodisíacos) que promove a vitalidade e aumento da libido em pessoas com bom estado de saúde.

  2. Tratamento das pessoas com quadros de adoecimento ( Roga Nut Chikitsa): os 6 ramos que apresentam abordagens terapêuticas para as pessoas doentes em quadros de sofrimentos físicos e mentais; Kaychikitsa ( clínica médica ou medicina interna), Agada Tantra ( toxicologia), Bhutavidya ( psiquiatria e psicologia), Kaumarbhritya ( pediatria), Shalya ( cirurgia ayurvedica), Shalakya ( doenças da cabeça e pescoço).

  As ferramentas terapêuticas do Ayurveda são medicamentos naturais e sua utilização depende da leitura do desequilíbrio vigente da pessoa. Este diagnóstico é realizado através da historia detalhada e exame físico minucioso. Após isto o profissional de Ayurveda pode utilizar os seguintes métodos naturais: oleação com óleos vegetais, sudação, massagens, medica-mentos ayurvedicos de origem animal, mineral e vegetal, incluindo as plantas medicinais, dieta com alimentos da região e estação do ano, biopurificação e desintoxicação, atividade física moderada, rotina diária saudável com pratica de Yoga e meditação.
Terminamos com a famosa frase do texto clássico Charaka Samhita: “ Para o ignorante o mundo inteiro é seu inimigo porem para o sábio o mundo inteiro é seu professor”
Namaste
 
         
     

© 2017 ABRA - Associação Brasileira de Ayurveda

Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Finepixel Labs